Páginas

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Estrela de chão



                                          ESTRELA* DE* CHÃO


 Sou eu estrela de chão...
 Que brilha, reflete numa escuridão imaginária,
 Caminho descalça, passos lentos,
 Vou até onde ninguém possa enxergar
 Sou eu deveras uma estrela do céu?
 Que caiu, encruou, virou estrela de chão?
 Estrela única, invisível á olho nu
 Célula Divina, sabedoria oculta,
 Flor encubada, estrela pisada,
  Estrela de chão

                                      Dora Duarte

2 comentários:

Malu disse...

Que coisa mais profunda ser uma estrela de chão, brilhando aqui tão perto e de forma real.
Lindo demais!
Abraços

Anne Lieri disse...

Dora,que lindeza de poesia!Um sonho essa estrela!Bjs,

Copyright © 2011 Fazenda de poemas poesias e contos.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger