Páginas

terça-feira, 8 de setembro de 2009


Suavemente...


Suavemente como uma brisa de verão
Invades o meu sonho, rodeias minha mente
Toma espaço...brinca, fazes estripulias,
Suavemente como chuva fina,
Molha meu rosto de suor e lágrimas
Lágrimas suor da alma
Alma minha molhada
Rosto que sorrir e chora.
Oras de dor, oras de alegria...
Boca que aceita as gotículas suavemente
A mesma boca que um dia aceitou a tua
Suavemente me beijaste, sopro do amor
Vírus concebível, impregnado...
Suavemente, sutilmente esvair-se...

Um comentário:

Ju disse...

Oi... descobri seu blog hoje... pena que nao soube do encontro antes... tenho um blog de poemas... www.devaneiosdepoisdaescova.blogspot.com e o do meu trabalho cabeloearteju.blogspot.com eu volto aqui e gostei de tudo! Ju

Copyright © 2011 Fazenda de poemas poesias e contos.
Template customizado por Meri Pellens. Tecnologia do Blogger